MENU

Buyer Persona - como utilizar no marketing digital?

Você já deve ter ouvido ou lido sobre a criação de buyer-persona, mas sabe como esse recurso pode ajudar a criar conteúdos e campanhas mais próximas e interessantes para o público?

Personas são personagens fictícios que vão te ajudar a entender e identificar quem são os potenciais interessados e compradores dos seus produtos ou serviços. De maneira geral, elas funcionam como sínteses de consumidores ideais e são diferentes de uma simples definição de público-alvo, já que envolvem também a sensibilidade para analisar gostos pessoais, estilo de vida, valores morais... Para começar, além do tradicional ‘idade, profissão, gênero e escolaridade’ do público desejado, comece a pensar também no comportamento dele de maneira mais geral, com ídolos, hobbies, desejos.

O principal erro na criação de personas é cair em clichês e palpites, por isso, utilize diferentes ferramentas para ter mais dados sobre esse público, com análise de mercado, levantamento de concorrentes, aplicação de questionários, entrevistas pessoais e o uso do Audience Insights e do Google Analytics que podem dar dados relevantes sobre as pessoas que já mantém interesse sobre o segmento desejado.

Depois, comece a escrevê-lo como se fosse um personagem de ficção, com nome, idade, profissão, aspirações, valores, objetivos. Cada segmento terá particularidades nessa descrição, como a cor de cabelo que é irrelevante para uma escola de idiomas, mas que é fundamental para uma empresa de shampoos, por exemplo.

É possível que nesse processo de investigar o público você descubra mais de uma possível persona, o que é natural para produtos ou segmentos que atingem diferentes faixas etárias ou têm diferentes sugestões de uso. Identificar essas personas vai te ajudar, inclusive, a criar diferentes métodos de abordagem para cada público e momento de compra diferente.

Quais as vantagens de criar personas para o marketing digital?

No marketing digital essa ferramenta consegue orientar ainda melhor a comunicação, criando conteúdos e anúncios de forma ainda mais personalizada e próxima do público desejado. Assim, ao invés de tratar do público-alvo de maneira geral, você consegue visualizar para quem está escrevendo ou segmentando um conteúdo.

Assim, a criação de personas auxilia tanto na criação de conteúdos (já que você tem uma base dos hábitos e preferências do público), quanto na hora de segmentar os anúncios, conseguindo levantar interesses, termos-chave e marcas que tenham uma relação direta com o público que você deseja atrair, evitando que você gaste tempo (e dinheiro) falando com uma pessoa que não tem o perfil desejado.

Conhecendo os hábitos desse consumidor ideal, você também consegue entender quando, em que plataforma e dispositivos seu conteúdo terá ainda mais retorno.