fbpx
webcompany - O que é a taxa de rejeição de um site?

O que é a taxa de rejeição de um site?

Inscreva-se para receber novidades, insights e dicas sobre marketing digital diretamente em seu email.

A taxa de rejeição é uma métrica importante, pois ela mede a porcentagem de visitantes que saem do seu site sem visitar uma única página ou realizar nenhuma ação, como clicar em um link, comprar algo ou preencher um formulário.

Quanto maior a taxa de rejeição, menor a chance do seu site ranquear bem nas aparecer nas buscas, o que também indica que a taxa de rejeição de determinado site pode estar alta devido a problemas de SEO técnico, afetando diretamente a performance de visitas e conversões de um site.

Para diminuir a taxa de rejeição, é importante investigar as causas e tomar medidas para corrigi-las. Algumas das causas mais comuns são:

Páginas com conteúdo de baixa qualidade

Quando o conteúdo é irrelevante, não responde às dúvidas do visitante ou é de má qualidade, os mesmos tendem a sair rapidamente do site.

Conteúdos muito extensos

Os visitantes buscam cada vez mais, artigos que respondam rapidamente suas dúvidas e não querem gastar tempo lendo longos textos, anseiam por textos mais objetivos possíveis, e se não for, tendem a sair rapidamente do site.

Páginas que demoram a carregar

Se os visitantes percebem que uma página está demorando muito para carregar, eles não esperam, vão embora por achar que o site não funciona, está fora do ar ou com algum problema.

Site confuso e desorganizado

Quando os links não estão naturalmente organizados, permitindo uma experiência de navegação fluida e confortável, ou quando há muita informação disponível na página, os visitantes ficam confusos e acabam saindo do site.

Design mal feito ou não responsivo

Quando o layout do site apresenta erros de design, partes incompletas, responsividade ruim ou faltam informações, os visitantes procuram outros sites como referência, porque fatores como esse são graves, prejudicam a experiência de uso do site e, como consequência,  descredibilizam a empresa.

Para corrigir esses e outros problemas que afetam as taxas de rejeição é importante fazer uma análise completa, identificando de onde o problema se origina e quais as ameaças que ele oferece a experiência de navegação do público consumidor. Em seguida, é necessário tomar medidas para corrigi-las.

A análise da taxa de rejeição também é uma boa maneira de avaliar a qualidade do seu site, e mapear pontos de melhorias necessários.

Como diminuir as taxas de rejeição?

Para diminuir as taxas de rejeição é importante atentar-se a fatores como:

  • Uso de Pop-ups
  • Plug-ins desnecessários
  • Tempo de carregamento da página
  • Usabilidade ruim
  • Title tags e meta descriptions mal otimizadas
  • Páginas em branco e erros técnicos
  • Conteúdo de baixa qualidade
  • Páginas que não são otimizadas para mobile
  • Implementação incorreta da configuração do Google Analytics

e claro, sempre analisar seu site e as métricas fornecidas pelas plataformas conectadas a ele.

Analise as métricas do seu site e setor

A taxa de rejeição varia de acordo com o segmento e até mesmo o Google considera uma taxa de até 98% boa para certos segmentos.

Confira na lista abaixo as taxas de rejeição média de sites de diferentes setores, de acordo com o Google:

  • 10-30% – Sites de Serviços
  • 20-40% – Sites de varejo
  • 30-50% – Sites de geração de leads
  • 40-60% – Sites de conteúdo
  • 70-90% – Landing Pages Institucionais
  • 70-98% – Blogs

Diferença entre taxa de rejeição x taxa de saída

Quando falamos sobre a taxa de rejeição, também costuma surgir o termo “taxa de saída”, o que não é a mesma coisa, apesar da diferença entre taxa de rejeição (bounce rate) e taxa de saída serem um tanto semelhantes.

A taxa de rejeição está relacionada ao número de sessões de engajamento que uma página possui. Por exemplo: uma pessoa busca por um termo que a faz chegar à página 1 do seu site, mas, chegando nela, não localiza o que procura, então, na sequência sai do site sem clicar em nada, apenas no botão “Voltar” do navegador, seguindo para a página com os resultados anteriores de busca, então esse fluxo contabilizará uma rejeição.

A taxa de saída é o número de pessoas que saem de uma página específica, mesmo que não tenham entrado originalmente nela, por exemplo, um visitante acessou a página 1, seguiu para a página 2 e, depois, fechou o navegador ou foi para outro site, isso é considerado uma saída.

Como o usuário clicou em outra página que não foi a página 1, isso não pode ser considerado uma rejeição. Nem a página 2, já que essa não foi a primeira página que o visitante acessou e, podemos verificar que:

Uma taxa de rejeição pode indicar falta de interesse em um site

Uma alta taxa de saída pode indicar que você está tendo problemas com a otimização da taxa de conversão (CRO) ou mesmo problemas de SEO técnico, o que podemos entender que mesmo que alguém tenha demonstrado interesse suficiente para visitar mais de uma página do seu site, clicando em mais de uma página e saindo depois, provavelmente está voltando a pesquisar para encontrar a resposta que procura com mais detalhes que seu conteúdo não abrangeu ou mesmo por problemas de carregamento na página.

Portanto, é essencial ter o apoio de um profissionais especializados em análise de tráfego, SEO e de desenvolvimento de sites para resolver esses e outros problemas.

Fale com nossos especialistas e saiba como diminuir as taxas de rejeição do seu site.

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais.