Guia completo de manutenção em WordPress

Manter seu site WordPress funcionando de maneira eficiente e segura é essencial para garantir uma boa experiência aos visitantes e manter uma presença online forte. A manutenção preventiva é a chave para evitar problemas futuros, como vulnerabilidades de segurança, desempenho lento e falhas técnicas. 

Neste guia completo, vamos explorar todas as práticas recomendadas para a manutenção preventiva do WordPress, ajudando você a manter seu site em perfeito estado.

Por que a manutenção em WordPress é importante?

A manutenção preventiva não é apenas uma tarefa de rotina; é uma prática essencial para qualquer site WordPress. Sem uma manutenção adequada, seu site pode se tornar vulnerável a ataques, apresentar problemas de desempenho e até mesmo sofrer quedas no ranking de buscas. A manutenção preventiva ajuda a:

  • Proteger contra ameaças de segurança
  • Garantir um desempenho consistente
  • Melhorar a experiência do usuário
  • Prevenir problemas técnicos
  • Manter a compatibilidade com novas tecnologias

1.) Atualizações regulares de software

Manter o WordPress, temas e plugins atualizados é fundamental para a segurança e funcionalidade do seu site. As atualizações frequentemente incluem correções de segurança, melhorias de desempenho e novos recursos.

Como fazer?

  1. Verificações automáticas: Configure o WordPress para instalar atualizações automaticamente. Use plugins oficiais para gerenciar isso.
  2. Verificações manuais: Faça verificações manuais regulares para garantir que todas as partes do seu site estejam atualizadas. Isso inclui a verificação de temas e plugins.
  3. Ambiente de teste: Antes de aplicar atualizações ao site ao vivo, teste-as em um ambiente de desenvolvimento para evitar conflitos e problemas.

2.) Backups regulares

Os backups são essenciais para recuperar seu site em caso de problemas como ataques de hackers, falhas de servidor ou erros humanos. Sem backups regulares, você corre o risco de perder dados importantes.

Como fazer?

  1. Plugins de backup: Use plugins para configurar backups automáticos. Esses plugins permitem que você agende backups regulares e os armazene em diferentes locais.
  2. Armazenamento externo: Salve seus backups em serviços de nuvem como Google Drive ou Dropbox. Isso garante que seus backups estejam seguros, mesmo se o servidor do seu site falhar.
  3. Testes de restauração: Periodicamente, teste a restauração de backups para garantir que eles funcionem corretamente. Isso ajudará a identificar problemas antes que você precise realmente restaurar o site.

3.) Verificações de segurança na manutenção em WordPress

A segurança é uma preocupação constante para qualquer site WordPress. Verificações regulares ajudam a identificar e corrigir vulnerabilidades antes que sejam exploradas por hackers.

Como fazer?

  1. Plugins de segurança: Instale e configure plugins de segurança. Esses plugins oferecem uma gama de recursos, incluindo firewalls, scans de malware e proteção contra ataques de força bruta.
  2. Scans regulares: Configure varreduras automáticas para detectar e remover malware e outras ameaças. Muitos plugins de segurança permitem agendar essas varreduras.
  3. Monitoramento de atividade: Use plugins para monitorar a atividade do site e receber alertas sobre comportamentos suspeitos.

4.) Otimização de desempenho

Um site rápido melhora a experiência do usuário e é favorecido pelos motores de busca. Otimizações regulares garantem que seu site carregue rapidamente e funcione de maneira eficiente.

Como fazer?

  1. Plugins de cache: Use plugins de cache como WP Rocket para reduzir os tempos de carregamento das páginas.
  2. Compressão de imagens: Utilize ferramentas como Smush para reduzir o tamanho das imagens sem perder qualidade.
  3. Minimização de scripts: Minimize arquivos CSS e JavaScript.
  4. Hospedagem de qualidade: Escolha um provedor de hospedagem confiável que ofereça bom desempenho e suporte técnico eficiente.

5.) Verificação de links quebrados

Links quebrados podem frustrar os visitantes e prejudicar o SEO do seu site. Verificações regulares ajudam a identificar e corrigir esses links para manter seu site funcionando corretamente.

Como fazer?

  1. Correções imediatas: Corrija ou remova links quebrados assim que forem encontrados. Configure redirecionamentos 301 para garantir que os visitantes sejam direcionados para a página correta.
  2. Verificações regulares: Realize verificações de links quebrados regularmente como parte da manutenção do site.

6.) Manutenção do banco de dados

O banco de dados do WordPress armazena todas as informações críticas do seu site. Manter o banco de dados limpo e otimizado ajuda a melhorar o desempenho e a prevenir problemas.

Como fazer?

  1. Plugins de otimização: Use plugins para limpar e otimizar o banco de dados. Esses plugins removem dados desnecessários, como revisões de postagens antigas, spam de comentários e transientes expirados.
  2. Backup do banco de dados: Antes de fazer qualquer manutenção no banco de dados, faça um backup completo para evitar perda de dados.
  3. Verificações regulares: Realize a manutenção do banco de dados regularmente para garantir que ele permaneça limpo e eficiente.

7.) Verificação de compatibilidade

Com o rápido avanço da tecnologia, novos dispositivos e navegadores são lançados frequentemente. Manter a compatibilidade do seu site com esses novos ambientes é essencial para proporcionar uma boa experiência ao usuário.

Como fazer?

  1. Ambiente de teste: Teste novas atualizações, plugins e temas em um ambiente de desenvolvimento antes de aplicá-los ao site ao vivo.
  2. Ferramentas de teste de compatibilidade: Use ferramentas como BrowserStack para verificar a compatibilidade do seu site em diferentes navegadores e dispositivos.
  3. Monitoramento contínuo: Fique atento a novos lançamentos de navegadores e atualize seu site conforme necessário para garantir a compatibilidade.

8.) Implemente medidas de recuperação de desastres na manutenção em WordPress

Importância

Mesmo com todas as medidas de segurança em vigor, desastres podem acontecer. Ter um plano de recuperação de desastres garante que você pode restaurar rapidamente seu site com o mínimo de interrupção.

Como fazer?

  1. Plano de recuperação: Crie um plano de recuperação de desastres que inclua procedimentos para restaurar backups e comunicação com visitantes durante o tempo de inatividade.
  2. Teste o plano: Realize testes regulares do seu plano de recuperação para garantir que ele funcione conforme esperado.
  3. Documentação: Mantenha uma documentação detalhada de todas as medidas de segurança e procedimentos de recuperação.

 

A manutenção preventiva do WordPress é uma prática essencial para garantir a segurança, desempenho e eficiência do seu site. Ao seguir as dicas detalhadas neste guia, você pode proteger seu site contra ameaças, melhorar a experiência do usuário e manter uma presença online forte e competitiva. Lembre-se, a manutenção não é um evento único, mas um processo contínuo que exige atenção regular e ação proativa.

Conte com a ajuda de especialistas na manutenção em WordPress

Uma agência especializada em WordPress, como a Webcompany, pode garantir que seu site esteja sempre seguro, atualizado, atendendo todos os requisitos do Google e funcionando perfeitamente para oferecer a melhor experiência aos seus visitantes. Solicite agora um orçamento de nosso serviço de Manutenção em WordPress!

THINK WEB!

Junte-se a milhares de profissionais que recebem nossos melhores insights, estratégias e dicas de marketing digital diretamente em seu email