Checklist de manutenção para sites WordPress

Manter a manutenção para sites WordPress em dia não é tarefa fácil, mas é essencial para garantir que tudo funcione direitinho. Afinal, ninguém quer perder visitantes ou, pior ainda, ter o site invadido por hackers. Pensando nisso, preparamos um checklist de manutenção mensal para te ajudar a manter seu site sempre funcionando perfeitamente.

1. Atualizações de plugins e temas

Plugins

Primeiramente, uma das tarefas mais importantes é atualizar todos os plugins instalados no seu site. Os desenvolvedores estão sempre corrigindo bugs, adicionando novas funcionalidades e, principalmente, resolvendo questões de segurança. Não deixe de fazer essas atualizações regularmente.

Cada plugin tem sua importância e propósito. Por exemplo, um plugin de segurança precisa estar sempre atualizado para proteger seu site contra novas ameaças. Já um plugin de SEO pode receber melhorias que ajudam seu site a ranquear melhor nos motores de busca. Ignorar essas atualizações pode não só comprometer a funcionalidade do plugin como também abrir portas para vulnerabilidades.

Para garantir que você não esqueça de atualizar seus plugins, habilite as atualizações automáticas para aqueles que são mais críticos. Várias ferramentas oferecem essa funcionalidade. Além disso, verifique manualmente se há atualizações disponíveis pelo menos uma vez por mês.

Temas

Além dos plugins, os temas também precisam de atenção. Se você usa um tema premium, é bem provável que os desenvolvedores lancem atualizações periódicas. Certifique-se de aplicá-las para evitar problemas de compatibilidade e vulnerabilidades de segurança.

Os temas, assim como os plugins, recebem atualizações que podem incluir novas funcionalidades, correções de bugs e melhorias de segurança. Usar um tema desatualizado pode causar incompatibilidades com os plugins ou com a própria versão do WordPress, resultando em problemas de desempenho e segurança.

Antes de atualizar um tema, é prudente fazer um backup do site, especialmente se você fez personalizações no código do tema. Utilize um tema filho para preservar suas modificações, pois atualizações no tema pai podem sobrescrever suas alterações personalizadas.

2. Backup regular

Automático e manual

Nunca é demais lembrar: faça backup do seu site regularmente. Existem plugins que realizam backups automáticos, como o UpdraftPlus e o BackupBuddy. Mesmo assim, é bom fazer um backup manual de vez em quando. Assim, você garante que sempre terá uma cópia dos seus dados em segurança.

Os backups automáticos são convenientes e geralmente podem ser programados para ocorrer em intervalos regulares, como diariamente, semanalmente ou mensalmente. Contudo, a realização de um backup manual de vez em quando é importante, especialmente antes de fazer grandes mudanças no site, como atualizações de plugins, temas ou do próprio WordPress.

Armazenamento

Armazene seus backups em um local seguro e fora do servidor principal do site. Serviços como Google Drive, Dropbox ou Amazon S3 são ótimas opções para isso.

Manter backups apenas no servidor do seu site pode ser arriscado, pois se o servidor for comprometido, você pode perder tudo. Distribuir os backups em vários locais reduz o risco de perda de dados. Além disso, considere manter múltiplas versões de backups, para que você possa restaurar o site a partir de diferentes pontos no tempo, caso necessário.

3. Verificação de segurança 

Plugins de segurança

Use plugins de segurança, como o Sucuri, para fazer varreduras regulares no seu site. Eles ajudam a detectar possíveis ameaças e vulnerabilidades na manutenção para sites WordPress. E, claro, não se esqueça de manter esses plugins sempre atualizados.

Os plugins de segurança oferecem funcionalidades como firewall, varredura de malware, bloqueio de IPs suspeitos, e notificações em tempo real sobre atividades suspeitas. Configurar esses plugins adequadamente é crucial. Por exemplo, definir regras de firewall para bloquear tentativas de login maliciosas e monitorar arquivos importantes pode proteger seu site contra ataques.

Senhas

Troque suas senhas regularmente e use combinações fortes. Aliás, nunca use a mesma senha em mais de um serviço. Utilizar um gerenciador de senhas pode facilitar muito essa tarefa.

Senhas fortes são compostas por uma combinação de letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais. Além disso, ative a autenticação de dois fatores (2FA) sempre que possível para adicionar uma camada extra de segurança.

4. Otimização de banco de dados

Limpeza

Com o tempo, o banco de dados do WordPress pode ficar cheio de dados inúteis, como revisões de posts, comentários de spam e transientes expirados. 

A limpeza regular do banco de dados melhora a performance do site, reduz o tempo de carregamento das páginas e diminui o uso de recursos do servidor. Além de remover dados inúteis, esses plugins podem otimizar as tabelas do banco de dados, reindexando e compactando as informações para melhorar o desempenho geral.

Backup do banco de dados

Antes de realizar qualquer limpeza no banco de dados, não se esqueça de fazer um backup completo. Melhor prevenir do que remediar, certo?

Fazer um backup antes de limpar o banco de dados é essencial para garantir que você possa restaurar o site caso algo dê errado durante o processo. Mesmo os plugins mais confiáveis podem ocasionalmente causar problemas, especialmente se houver alguma incompatibilidade com outros plugins ou com a versão do WordPress.

5. Verificação de links quebrados

Ferramentas

Links quebrados prejudicam a experiência do usuário e podem impactar negativamente seu SEO. 

Links quebrados podem surgir devido a mudanças em URLs, remoção de páginas ou erros de digitação. Ferramentas de verificação de links rastreiam seu site em busca de links que retornam erros 404 ou outras mensagens de erro. Corrigir esses links melhora a navegação no site e a satisfação do usuário, além de evitar penalidades dos motores de busca.

Revisão manual

Além das ferramentas automatizadas, faça uma revisão manual dos principais links do seu site. Links em menus, rodapés e páginas importantes merecem atenção especial.

Enquanto as ferramentas automatizadas são ótimas para varreduras gerais, a revisão manual garante que você verifique os links mais críticos que podem ter sido ignorados ou identificados incorretamente pelas ferramentas. Além disso, revisar manualmente permite que você corrija o contexto dos links ou atualize o conteúdo associado, se necessário.

6. Performance e velocidade

Testes

Realize testes de performance regularmente usando ferramentas como GTmetrix ou Google PageSpeed Insights. Na manutenção para sites WordPress, esses testes ajudam a identificar áreas que precisam de melhorias.

Essas ferramentas fornecem análises detalhadas sobre o desempenho do seu site, incluindo tempo de carregamento, tamanho das páginas e sugestões específicas para otimização. Realizar esses testes periodicamente permite que você monitore a performance do site e implemente melhorias contínuas.

Otimização

Otimize imagens, minimize arquivos CSS e JavaScript e utilize um plugin de cache para melhorar a velocidade de carregamento do seu site.

A otimização de imagens pode ser feita com ferramentas que comprimem as imagens sem perder qualidade. A minificação de arquivos CSS e JavaScript reduz o tamanho dos arquivos, acelerando o tempo de carregamento. Plugins de cache armazenam versões estáticas das páginas do seu site, reduzindo a carga no servidor e melhorando a velocidade de entrega do conteúdo aos usuários.

7. Verificação de SEO

Plugins SEO

Certifique-se de que os plugins de SEO, como o Yoast SEO ou Rank Math, estão configurados corretamente e atualizados. Eles ajudam a manter o seu site otimizado para os motores de busca.

Esses plugins oferecem ferramentas para otimização de palavras-chave, geração de sitemaps, meta descrições e muito mais. Verificar e ajustar as configurações desses plugins garante que seu site esteja seguindo as melhores práticas de SEO e que esteja preparado para ranquear bem nos resultados de busca.

Conteúdo

Revise e atualize conteúdos antigos para manter as informações sempre relevantes e melhorar o ranqueamento nos motores de busca. Adicione novas palavras-chave e otimize as existentes conforme necessário.

O conteúdo é rei quando se trata de SEO. Manter seu conteúdo atualizado e relevante atrai mais visitantes e mantém seu site nos primeiros resultados de busca. Revisar o conteúdo antigo permite que você adicione novas informações, otimize para novas palavras-chave e melhore a estrutura geral dos artigos e páginas.

8. Análise de tráfego

Google Analytics

Verifique regularmente as estatísticas do Google Analytics para entender o comportamento dos visitantes e identificar possíveis problemas. Ajuste suas estratégias de conteúdo e marketing com base nesses dados.

O Google Analytics oferece insights valiosos sobre de onde vêm seus visitantes, quais páginas eles acessam, quanto tempo passam no site e muito mais. Usar essas informações para ajustar sua estratégia de conteúdo e marketing pode aumentar o engajamento e as conversões no site.

Relatórios

Crie relatórios mensais para acompanhar o desempenho do seu site. Isso ajuda a identificar tendências e tomar decisões informadas sobre melhorias necessárias.

Os relatórios mensais permitem que você veja o progresso do seu site ao longo do tempo e identifique padrões sazonais ou mudanças no comportamento dos visitantes. Analisar esses relatórios regularmente ajuda a ajustar suas estratégias e melhorar o desempenho geral do site.

9. Verificação de acessibilidade

Ferramentas

Certifique-se de que todos os usuários, incluindo aqueles com deficiências, possam acessar e navegar pelo seu conteúdo. A acessibilidade é crucial para garantir que todos os usuários possam interagir com seu site, independentemente de suas habilidades. Ferramentas de verificação de acessibilidade identificam problemas como contraste de cores, uso de etiquetas ARIA e estrutura de navegação, permitindo que você faça os ajustes necessários para melhorar a experiência de todos os usuários.

Ajustes

Faça os ajustes necessários com base nas recomendações das ferramentas de acessibilidade. Pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença na experiência do usuário.

Ajustar a acessibilidade pode incluir aumentar o contraste das cores, adicionar descrições alternativas para imagens, e garantir que o site possa ser navegado apenas com o teclado. Essas mudanças não só melhoram a experiência para usuários com deficiências, mas também podem beneficiar todos os visitantes, tornando o site mais fácil de usar.

10. Revisão de funcionalidades

Testes

Teste todas as funcionalidades do seu site, como formulários de contato, carrinhos de compra (em caso de e-commerce) e áreas de membros. Garanta que tudo está funcionando como deveria.

Problemas nas funcionalidades podem frustrar os usuários e fazer com que abandonem seu site. Testar regularmente todas as funcionalidades garante que os visitantes tenham uma experiência suave e sem problemas. Utilize contas de teste para verificar cada etapa do processo de interação no site.

Feedback

Peça feedback dos usuários sobre possíveis problemas ou melhorias. Essa interação pode fornecer insights valiosos sobre como melhorar a usabilidade do seu site.

Os usuários são uma fonte valiosa de informações sobre o que funciona e o que não funciona no seu site. Incentive-os a deixar feedback e use essas informações para fazer melhorias contínuas. Implementar as sugestões dos usuários mostra que você se preocupa com a experiência deles e está disposto a fazer ajustes para melhorá-la.

 

Manter um site WordPress pode parecer uma tarefa hercúlea, mas com um checklist de manutenção mensal, fica muito mais fácil garantir que tudo esteja funcionando perfeitamente. Lembre-se de seguir essas dicas e adaptar conforme as necessidades específicas do seu site. Afinal, um site bem cuidado é fundamental para proporcionar a melhor experiência aos seus visitantes e melhorar seu ranqueamento nos motores de busca.

Conte com a ajuda de especialistas em manutenção para sites WordPress

Uma agência especializada em WordPress, como a Webcompany, pode garantir que seu site esteja sempre seguro, atualizado, atendendo todos os requisitos do Google e funcionando perfeitamente para oferecer a melhor experiência aos seus visitantes. Solicite um orçamento de nosso serviço de manutenção de sites WordPress!

THINK WEB!

Junte-se a milhares de profissionais que recebem nossos melhores insights, estratégias e dicas de marketing digital diretamente em seu email