No marketing digital, as transmissões ao vivo invadem as redes sociais

Ainda é cedo para bater o martelo do sucesso, mas nós já estamos de olho e queremos atentar você para a nova tendência que desponta entre os jovens e entusiastas das redes sociais: as transmissões ao vivo.

No início do ano fomos surpreendidos com o Periscope, aplicativo que permite o usuário gravar e assistir vídeos em tempo real através dos seus smartphones. Esses vídeos ficam disponíveis por apenas 24 horas no perfil de quem gravou e depois “somem do mapa” – seguindo a mesma lógica de efemeridade do Snapchat, que dá ao usuário uma sensação de exclusividade, já que estão acompanhando ali um conteúdo que ninguém mais vai ter acesso no futuro.

O serviço, adquirido e lançado pelo Twitter como parte da estratégia da plataforma para trabalhar com vídeos, atingiu 10 milhões de usuários em 4 meses de vida e já se calcula que 40 anos de vídeo são vistos por dia no aplicativo.*

Bom, e a tendência não para por aqui. O Facebook também acaba de anunciar uma nova ferramenta de streaming! O serviço chama-se Facebook Mentions e, por enquanto, destina-se a figuras públicas com contas verificadas e muitos fãs, como músicos, atores, políticos. O recurso é parecido com o Periscope, mas o conteúdo não “some”, fica publicado no perfil de quem o fez.

A primeira transmissão foi feita pelo próprio Mark Zuckerberg, que apresentou todo o escritório do Facebook no Vale do Silício. Os que acompanharam ao vivo puderam interagir, comentar e compartilhar o conteúdo em tempo real. Show, hein? 😉

A agência de marketing digital Webcompany está de olho nas duas novidades e analisa, principalmente, como as marcas poderão usar e abusar dos vídeos ao vivo. Alguns cases já surgiram no Periscope. quer saber mais sobre? Entre em contato com a equipe de mídias sociais!

* Fonte: https://medium.com/@periscope/periscope-by-the-numbers-6b23dc6a1704