fbpx
webcompany - Links patrocinados: o que são e como funcionam?

Links patrocinados: o que são e como funcionam?

Inscreva-se para receber novidades, insights e dicas sobre marketing digital diretamente em seu email.

Provavelmente você é impactado diariamente, quase que a todo momento pelos links patrocinados, mas afinal, você sabe o que são os links patrocinados?

 

O que são os links patrocinados?

 

Os links patrocinados são resumidamente anúncios pagos, uma forma de publicidade online onde o investimento financeiro tem como objetivo principal, alavancar a performance de conteúdos direcionados para determinados públicos em determinadas páginas da web como: os resultados dos motores de busca, rede de display, remarketing de sites/blogs e comparadores de preço. 

 

Podemos citar como exemplos, os resultados que aparecem na primeira página de pesquisas do Google, além dos anúncios feitos para o YouTube, Facebook e sites como o Buscapé, que estimulam o público-alvo a clicar ou realizar tomadas de ações diversas a partir da visualização dessas mídias. 

Como funciona?

Um exemplo clássico de como um link patrocinado funciona é quando digitamos algo nos motores de busca do Google (ou outros buscadores) algum termo ou assunto específico e os links patrocinados aparecem nos primeiros resultados em destaque, sinalizados como “patrocinado” ou “anúncio”.

 

Existem formas diferentes de trabalhar os recursos dos links patrocinados, e não incluem apenas os mecanismos de buscas como o Google, mas também as redes sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter, etc), onde é possível configurá-los objetivamente no formato de postagens, tornando-os mais atrativos para os possíveis leads e menos invasivos no feed dos usuários, já que aparecem na aba principal do feed, nas laterais ou nos stories (no caso do Instagram).

Em alguns casos, como Facebook e LinkedIn, os links patrocinados também podem aparecer na lateral direita do seu monitor. 

 

Já no Twitter, existem alguns formatos especiais de links patrocinados disponíveis, onde  um pequeno aviso escrito “Promovido” aparece junto ao conteúdo, somado ao nome da marca, sendo possível patrocinar tweets, contas, assuntos, entre outros.

 

Como criar campanhas de links patrocinados?

Para realizar o gerenciamento dos links patrocinados, é preciso, antes de colocar qualquer atividade em prática, de um bom planejamento estratégico, para saber quais são os objetivos e resultados esperados de cada ação.

 

Com organização, verificação e estudo de campanha, é possível garantir um gerenciamento adequado e cada vez mais otimizado das suas campanhas digitais.

 

A partir disso, listamos algumas dicas importantes para você que deseja entender melhor como funcionam as campanhas de links patrocinados. Confira a seguir:

 

Defina seu jogo:


Vamos fazer uma analogia das configurações dos anúncios como uma partida de futebol: 

A gestão de tráfego seria a equipe técnica e o time, os links patrocinados. Todo time profissional precisa ter as seguintes coisas antes de entrar em campo: 

Preparo, estratégia e táticas bem definidas para alcançar o sucesso das jogadas. 

 

Para que as estratégia de anúncios sejam eficazes, é preciso definir táticas (ações concretas) previamente, e, executá-las de forma organizada. Isso evitará que os investimentos em links patrocinados sejam meros desperdícios de tempo e recursos. 

Organize pelo menos uma hora por dia com o time de atuação e explore detalhadamente, cada etapa a ser seguida na gestão dos anúncios, ensaiando quais serão as próximas jogadas.

 

Esse alinhamento e treino com a equipe faz toda a diferença quando se precisa ter um melhor controle e aperfeiçoamento sobre cada ação tomada. Nessa etapa é crucial definir:

 

  • Objetivos a serem alcançados: qual título você quer conquistar?
  • Persona a ser impactada: quem é a torcida que você quer vibrando com seus gols?
  • Pesquisas de mercado: estude seus concorrentes/adversário;
  • Plataformas que serão exploradas através dos links patrocinados: estude o campo onde a partida acontecerá.

 

As jogadas iniciais:

Após concretizar o planejamento das ações, é preciso preparar o campo através dos seguintes passos: 

  • 1) Cadastramento:

Após fazer um planejamento detalhado das suas ações, é hora de cadastrar uma conta empresarial na plataforma em que pretende anunciar, diretamente nas plataformas como Google Ads ou Facebook (Meta).

 

  • 2) Configuração:

    Nessa etapa, serão disponibilizados campos para o preenchimento de dados como orçamento diário, palavra-chave, público-alvo, localização e duração. Nela, você também encontrará botões configuráveis e cruzamento de dados já existentes na sua conta como públicos automáticos, públicos similares, personalizáveis, entre outros. 

Configure todas as informações da sua campanha para que ela funcione corretamente e alcance os resultados esperados.

Itens como a taxa de conversão e a CTA utilizada podem te auxiliar a analisar os resultados dos seus anúncios, verificando quantas pessoas clicaram, realizaram ações, converteram, etc.

Os anúncios em links patrocinados são configurados de acordo com o CPC (custo por clique) ou CPM (custo por mil) e avaliados por CPV (Custo por view) ou outras métricas.

 

  • 3) Análise tática:

Após o período de performance da sua campanha, sempre analise os dados de seus resultados, porque somente assim você conseguirá mensurar as forças e fraquezas das suas ações e o retorno alcançado. 

Sem essas análises da campanha na plataforma, é difícil mensurar se a campanha gerou resultados positivos ou negativos, dificultando as regras do jogo. 

 

  • 4) Otimização:

As métricas fornecidas pelo Google e Facebook reúnem uma série de dados na própria plataforma para embasar as análises, apresentando detalhadamente para o gestor de tráfego como o público se comportou.

Através desses indicadores, você pode redefinir os parâmetros para que façam sentido a partir do objetivo inicial estabelecido na campanha, ajustando a geolocalização, os investimentos, público alvo bem definido e uma gestão profissional de Marketing Digital, descobrir se a linguagem visual e textual utilizada no conteúdo da sua marca estão adequados ou não.

 

Depois de toda essa análise e otimização, sua marca estará preparada para partir pro contra-ataque e chutar pro gol, chegando nos clientes certos.

 

Não é possível garantir que a bola vai entrar em todas as jogadas, nem mesmo quantos pontos o time ganhará na partida, até porque o algoritmo trabalha de forma a se adaptar constantemente à interação dos usuários com a rede global de internet, mas podemos garantir que as jogadas serão mais consistentes e as chances de um golaço são altas e possíveis, seja através de recursos como geolocalização, definição e contato com públicos quentes, presença digital e muitos outros serviços e facilidades.

 

Se der certo, sucesso! Você conseguiu otimizar suas estratégias, aí é só partir pro abraço, comemora e guardar essa jogada ensaiada pra repetir depois! 

Se não der certo, repita as jogadas 3 e 4, sem desanimar, afinal, quem não arrisca e exercita com constância, nunca saberá se está no caminho certo ou não!

 

Precisa criar, analisar e otimizar as estratégias da sua marca?

Fale com os especialistas da Webcompany Marketing Digital e conheça nossos serviços customizados.

 

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais.