MENU

Como criar anúncios relevantes para seu consumidor

Os anúncios estão em todas plataformas de mídia, inclusive online e isso é algo inevitável, afinal os meios precisam se manter e as marcas precisam de divulgação e aparecer para o maior número de pessoas dentro da sua segmentação. A questão é: a forma como são feitos os anúncios irão definir se a sua marca será amada ou odiada.

No geral, as pessoas não odeiam os anúncios, elas apenas preferem aqueles que tenham alguma relação com o seu cotidiano e que não atrapalhem sua experiência enquanto estão navegando na internet.

Existem alguns tipos de anúncios que mais irritam os usuários, principalmente quando interferem no que ele está fazendo. Anúncios que interrompem o acesso ao conteúdo para poder aparecer, como esperar 10 segundos para poder ver uma notícia urgente, é um tipo muito odiado porque impede diretamente a navegação da pessoa.

Segundo uma pesquisa realizada pela Coalition for Better Ads, 74% dos usuários de smartphone e tablets alegam que anúncios que barram o acesso ao conteúdo são muito ou extremamente irritantes e 50% dessas pessoas dizem que não recomendariam e nem retornariam a sites que utilizam esse tipo de publicidade.

Outros tipos de anúncios que também incomodam muito são aqueles com diversas animações, sons que começam a tocar de repente, páginas muito poluídas com banners de publicidade e tudo mais que possa distraí-lo de seu foco principal. Justamente por isso, 69% dos entrevistados alegaram que a motivação para instalar ad blockers (softwares que bloqueiam as propagandas) são anúncios irritantes ou invasivos.

Isso não quer dizer que as marcas devem parar de fazer anúncios, muito pelo contrário. O ideal é estudar aquilo que mais agrada aos usuários sem atrapalhar sua experiência, já que 78% dos anúncios digitais no Brasil conseguem atingir seu público-alvo de forma eficaz. É aparecer na hora certa para a pessoa certa no formato certo.

Dicas de ouro

Ao invés de criar campanhas publicitárias que atrapalhem o conteúdo, pense em maneiras de integrar as duas coisas de forma natural.

Usuários estão mais inclinados a interagir com anúncios que carregam rápido e não deixam o conteúdo lento. Tenha sempre isso como prioridade. Também é possível fazer alguns tipos de anúncios integrados com o conteúdo dentro do próprio site. Esse formato é mais conhecido como anúncio nativo, ele é eficiente em comunicar a mensagem da marca de forma objetiva sem atrapalhar a experiência de quem o acessa.

E por último, mas não menos importante, seja relevante para o seu público. Faça a segmentação correta para aparecer por quem procura e precisa da sua marca, de acordo com os interesses do seu consumidor. Assim, é possível criar clientes engajados que irão interagir com seus anúncios.