fbpx
webcompany - Black Hat SEO: entenda porque você não deve fazer

Black Hat SEO: entenda porque você não deve fazer

Inscreva-se para receber novidades, insights e dicas sobre marketing digital diretamente em seu email.

Se você nunca ouviu falar sobre Black Hat SEO, nós viemos apresentá-lo, ou melhor, te alertar sobre os perigos da prática. Encontrar “jeitinhos” mais fáceis dentro do SEO para enganar as ferramentas e posicionar seus sites no topo dos resultados dos mecanismos de bundas pode parecer interessante, mas é um tiro no pé.

Como em qualquer outra coisa na vida, não é difícil entender por que você não deve cair na cilada das práticas ilícitas. No caso da otimização, essa decisão pode custar a reputação da sua empresa perante os buscadores. O Black Hat SEO visa ganhos de posicionamentos rápidos, porém não sustentáveis. O trabalho está direcionado em otimizar o conteúdo focando somente nos motores de busca, sem considerar os usuários.

Em uma eterna busca por melhorar a experiência do seu público, o Google atualiza com frequência os seus algoritmos. Nesse cenário, a abordagem do Black Hat SEO acaba resultando em páginas de baixa qualidade, que são banidas rapidamente e muitas vezes até penalizando o domínio como um todo. Pode ser que você tenha resultados por algum tempo, mas será bloqueado pelas atualizações dos mecanismos de busca e terá, sempre, que arrumar novos meios de burlar as normas, impossibilitando a construção de um legado a longo prazo.

Técnicas de Black Hat SEO Mais Comuns

  • Keyword Stuffing
  • Texto Escondido
  • Links Escondidos
  • Doorway Pages
  • Cloaked Pages
  • Link Farming
  • Spam em Comentários
  • Sneaky Redirects
  • Comprar Links
  • Uso de palavras-chave não relacionadas
  • Conteúdo Duplicado

Pense por um instante, não seria mais fácil dedicar esse tempo para aprender a fazer SEO de qualidade? Um trabalho correto e honesto, também chamado de White Hat SEO, leva tempo e requer esforços, porque você precisará produzir conteúdos, configurar páginas, testar alguns formatos, mas essa é a única forma de construir um bom posicionamento a longo prazo.

3 motivos para evitar Black Hat SEO

1. Impacto negativo nos rankings e visibilidade
A perda de posições na SERP, ou seja, nos resultados das buscas que as pessoas fazem é um dos danos mais marcantes do Black Hat. Se não tem tráfego, não tem resultados. Antes que você pense em ir pelos caminhos errados só para crescer a audiência, saiba que isso servirá apenas para atrair leads pouco qualificados.

2. Não vai trazer resultados em longo prazo
Um grande problema do Black Hat SEO é que ele não é sustentável. Cá entre nós, se você deseja resultado a curto prazo é melhor investir em Google Ads, afinal, elas geram bons resultados sem infringir as regras do Google. Até porque, não dá para fugir, se o seu site estiver usando técnicas fraudulentas para se promover, cedo ou tarde, o gigante das buscas vai descobrir.

3. Prejudica a usabilidade do site
As técnicas consistem em usar artifícios que confundem ou os robôs dos motores de busca ou o próprio usuário. Isso prejudica um dos fatores mais relevantes e que influenciam no ranqueamento e na reputação de um site: a usabilidade. Ao entupir a página com palavras-chave, você torna a leitura dos seus conteúdos ruim. As pessoas vão começar a desistir das suas páginas.

O Black Hat SEO envolve técnicas antiéticas que têm o objetivo de conquistar as primeiras posições no Google enganando robôs e usuários. Estar nas primeiras posições do Google é uma meta importante para visibilidade, mas que deve ser alcançada com um trabalho honesto e estratégico, caso contrário, sua estratégia digital sofrerá as consequências.

Deseja melhorar o posicionamento da sua página de forma sustentável?
Fale com os especialistas da Webcompany Marketing Digital!

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais.